Você está em: Home » Notícias

 

Notica publicada em 10/09/11 às 04:31:23 hs

DORES NA COLUNA: Passar muito tempo ao volante pode provocar problemas posturais


LOC/REPÓRTER: Com quase mil novos carros todos os dias nas ruas, o trânsito fica cada vez mais complicado e o tempo dentro do veículo passa a ser maior. E é aí que está o perigo. Segundo o INTO, Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia, os assentos posicionados a 90 graus, usados por grande parte dos meios de transporte, provoca maus hábitos posturais. É o que explica a fisioterapeuta do INTO, Elina Monteiro.

TEC/SONORA: fisioterapeuta do INTO - Elina Monteiro

"90 graus por muito tempo há contração dessas musculaturas, e isso leva a dor. Você tem que adaptar o encosto do seu carro de forma que fique mais ou menos de 110 a 120 graus para você fazer uma adaptação na curvatura da coluna para que você não mantenha ela muito tempo contraída."

 

LOC/REPÓRTER: Para evitar problemas posturais ao dirigir, existem alguns cuidados que o motorista deve ter ao entrar no veículo, como regular a distância do assento de modo que os braços e as pernas fiquem relaxados e com os cotovelos flexionados. Assim, os ombros e o pescoço não correm o risco de serem lesionados. Outra dica da fisioterapeuta do INTO é aproveitar os momentos de engarrafamento para alongar o corpo:

TEC/SONORA: fisioterapeuta do INTO - Elina Monteiro

"Você pode cruzar um braço na frente do outro, alongar a região lateral dos braços, inclinar a cabeça para um lado, permanecer por 20 segundos, você pode tentar como se fosse espreguiçar, inclinar o corpo de um lado e para o outro, tentar de alguma forma com que você consiga se alongar, porque muito tempo parado na mesma posição, mesmo que aquela posição seja correta, leva a dores também." 

LOC/REPÓRTER: A fisioterapeuta do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia, Elina Monteiro, explicou ainda que há formas de prevenir as dores na coluna provocadas pela longa permanência ao volante, como praticar musculação e pilates. Mas a especialista faz um alerta: atividade física em excesso também pode causar problemas na coluna vertebral. Caso apareça alguma dor, a melhor opção é procurar por orientação médica.

Reportagem, Débora Rocha



Fonte: http://www.webradio.saude.gov.br/noticia.php?codigo_noticia=PDMS111551