Você está em: Home » Notícias

 

Notica publicada em 07/06/13 às 08:15:15 hs

Crescer é doloroso

Dor nas pernas antes de dormir pode ser mais do que manha de criança

Brincam e se divertem o dia inteiro e tudo parece dentro da normalidade. Mas é só chegar a hora de dormir que a reclamação dos pequenos vem: “mãe, que dor nas pernas!”. As queixas, que muitas vezes parecem ser apenas manha, são notadas normalmente durante a infância, entre as idades de dois e doze anos. Na maioria dos casos, o motivo do incômodo noturno é simples e se chama “dor do crescimento”.

Embora ganhe esse nome, não há provas de que a dor do crescimento seja causada pelo desenvolvimento dos membros da criança. Pelo que se sabe, podem estar associadas à fadiga, distúrbios emocionais e, eventualmente, a problemas posturais. O incômodo que atinge 10% das crianças em idade escolar manifesta-se de forma difusa na região das coxas e panturrilha, e pode ser uma sensação de peso, aperto, queimação, pontadas, latejamento ou formigamento. Por vezes, é possível sentir ainda dores abdominais e de cabeça junto ao desconforto nas pernas.

A dor do crescimento é mais comum em meninas e costuma atacar os pequenos no fim da tarde e à noite, podendo inclusive acordar a criança durante a madrugada. Por se manifestar esporadicamente e de várias maneiras, a dor do crescimento tende a parecer nada mais do que uma câimbra leve ou uma nova artimanha dos filhos para exigir a atenção e carinho dos pais. E as suspeitas têm até fundamento, já que o incômodo nas pernas costuma aliviar depois de massagens firmes na área. Compressas e banhos quentes também podem ajudar a amenizar o desconforto.

Apesar de comum, os pais devem ficar de olho: se a dor persistir até o período da manhã, se concentrar nos joelhos, se for severa a ponto de impedir a criança de realizar quaisquer atividades durante o dia ou vir acompanhada de sintomas como vermelhidão, febre, coceira, fraqueza, fadiga ou perda de apetite, a criança deve ser levada o quanto antes a um pediatra.

Fonte: www.unimed.com.br