Você está em: Home » Notícias

 

Notica publicada em 16/01/14 às 10:43:30 hs

Está difícil emagrecer?

Você está de dieta e não consegue emagrecer? Mudanças sutis podem ajudar a perder peso
ocê segue à risca o programa de reeducação alimentar, evita o doce durante a semana, monta um prato colorido na hora do almoço, pratica atividades físicas regularmente e ainda assim não consegue chegar ao peso que gostaria? A dificuldade para emagrecer pode ser consequência de armadilhas escondidas no ambiente em que vivemos. Incorporar mudanças sutis na rotina pode ajudar no seu processo de emagrecimento.

Para 40% dos leitores do canal Viver Bem, emagrecer é o principal projeto que eles querem pôr em prática em 2014. A dificuldade para enxugar as medidas é queixa comum e pode ser consequência do ritmo acelerado da vida moderna. A falta de tempo deixou os costumes mais engordativos, o que não se restringe somente às comidas prontas e industrializadas que colocamos no prato.

Com o passar dos anos, as proporções das louças e dos talheres aumentaram — a concha de feijão dobrou de tamanho em relação às medidas de décadas atrás; adquiriu-se o hábito de comer em frente à TV e, ainda, de fazer as refeições com pressa, sem tempo para degustar o alimento. Essas ciladas “escondidas” no seu dia a dia podem não só comprometer o emagrecimento, mas também fazê-lo ganhar calorias diárias.






Identifique os sabotadores da sua dieta

Perceber o que pode abalar as tentativas de baixar o ponteiro da balança é o primeiro passo para enxugar as medidas. Em vez de usar roupas largas que escondam as gordurinhas extras, dê preferência às do seu tamanho. Deixe de lado os copos baixos e largos. Por uma ilusão de ótica, os olhos entendem que nos copos altos e finos cabe mais líquido do que nos atarracados.

::: Petiscos: por que é difícil comer um só?

Antes de comer, conscientize-se que é importante reservar um tempo para a refeição. Quem come distraído, em frente à TV ou ouvindo música, tende a se alimentar mal e a ingerir mais calorias. Alimente-se devagar para que o cérebro tenha tempo de perceber a sensação de estômago cheio.

Logo depois das refeições, escove os dentes e utilize o fio dental. A higienização segura momentaneamente a vontade de atacar um docinho. Além disso, a pasta de dente altera o sabor de alguns alimentos — daí aquele gosto amargo dos doces depois da escovação.

Organize a geladeira e a despensa. Que tal posicionar as opções mais saudáveis na linha de frente e os mais calóricos nos locais de difícil acesso, como nos armários mais altos e gavetas? Neste caso, o que os olhos não veem, o coração — e o resto do corpo — sente menos a tentação da gula.

Fonte: www.unimed.com.br