Você está em: Home » Notícias

 

Notica publicada em 12/02/16 às 15:15:46 hs

Como prevenir o Zika Vírus

Controlar o transmissor é a melhor forma de prevenir a disseminação da doença.

Rafaela Fusieger / Designer: Ana Carla Bortoloni 

Controlar o transmissor é a melhor forma de prevenir a disseminação da doença. Principalmente gestantes e mulheres em período fértil devem ficar atentas às recomendações.

04 Dezembro 2015 -
A febre por Vírus Zika é uma doença viral aguda, transmitida principalmente por mosquitos do gênero Aedes, como o Aedes aegypti. No dia 28 de novembro o Ministério da Saúde confirmou a relação entre o vírus e a ocorrência de microcefalia (malformação congênita, em que o cérebro não se desenvolve de maneira adequada). As investigações sobre o tema permanecem em andamento e visam esclarecer questões como a transmissão do vírus, de que forma ele atua no organismo humano, a infecção do feto e período de maior vulnerabilidade para a gestante. Diversas orientações foram divulgadas pelo Ministério da Saúde para conter o mosquito transmissor, além de recomendações especiais para as gestantes e mulheres em período fértil.  

Principais sinais e sintomas
Os sintomas da febre Zika são bastante similares aos sintomas da dengue, caracterizados por
febre intermitente, erupções cutâneas, dor de cabeça e menos frequentemente, edema, dor de garganta, tosse, vômitos e haematospermia (presença de sangue no esperma ejaculado). Ao estar com os sintomas de febre por Vírus Zika é preciso procurar o mais breve possível seu médico para receber orientações. 

ATENÇÃO, GESTANTES! 
O Ministério da Saúde orienta as gestantes para que: 
• Não ingiram medicamentos não prescritos pelos profissionais de saúde. 
• Façam pré-natal e realizem todos os exames recomendados pelo médico. 
• Informem aos profissionais de saúde qualquer alteração percebida durante a gestação. 
• Reforcem as medidas de prevenção ao mosquito Aedes aegypti, com o uso de repelentes indicados para o período de gestação, uso de roupas compridas e todas as demais medidas mencionadas abaixo. 




Fonte: Ministério da Saúde
Autor: Conteúdo aprovado pelo coordenador técnico-científico do Portal Unimed.