Você está em: Home » Notícias

 

Notica publicada em 25/06/12 às 14:42:23 hs

É possível aproveitar as festas juninas sem exagerar nas calorias

Para não comer além da conta, faça um lanchinho em casa e escolha algumas guloseimas para consumir

Paçoca, pé de moleque, cachorro-quente, bolo de fubá, maçã do amor, puxa-puxa, quentão e pinhão... ficou com água na boca? Deu vontade de correr para uma festa junina para provar as delícias gastronômicas típicas destes dias mais frios? As gostosuras são tão associadas aos eventos caipiras assim como a culpa por consumi-los sem moderação. Manter o controle diante de doces e salgados variados, que têm tudo para agradar a diferentes paladares, e não comer além da conta requer estratégias.

Os dias do inverno provocam uma sensação de frio, que aumentam a fome. A vontade de comer alimentos mais calóricos justifica como um mecanismo natural do corpo para repor as energias gastas a fim de mantê-lo aquecido. Para que as festas juninas não sejam sinônimos de pecado contra a dieta e de tortura psicológica por cair em tentação, antes de sair de casa faça um lanchinho. “Forre o estomâgo” com sopa ou caldo quente e abuse dos cereais integrais, que proporcionam saciedade.

Na festa de São João, priorize o que comer. Já que há grande variedade de alimentos, não vale comer um pouquinho de tudo. Escolha os itens mais saudáveis e equilibre a alimentação. Por exemplo, coma o milho verde, mas não carregue no sal e manteiga. Se gosta de pinhão cozido, rico em carboidratos, deixe de lado o cachorro-quente. Cuidado com o amendoim, que parece inofensivo, mas esconde muitas calorias. A iguaria combinada com açúcar ou sal é ainda mais calórica (confira tabela).

A bebida típica das festas juninas também merece atenção. O quentão, ou o vinho quente, trazem uma sensação de conforto. Mas não se engane, normalmente o preparo da bebida leva muito açúcar. Como qualquer outra bebida alcoólica, pode fazer mal para a saúde e provocar ressaca no dia seguinte.



Fonte: www.unimed.com.br