Você está em: Home » Notícias

 

Notica publicada em 01/10/12 às 08:28:26 hs

Dor de ouvido pode ser sintoma de otite

Nunca use cotonete em caso de dor e procure um médico

Para Moacir Tabasnik, mestre em otorrinolaringologia e professor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), em caso de dor de ouvido (otalgia), é melhor buscar auxílio médico, pois o desconforto pode ser um sintoma de infecção. O médico diz que o problema não são as dores em si, mas o que elas podem sinalizar. Elas são sintomas comuns de problemas mais sérios, como as otites e até mesmo as disfunções da articulação temporomandibular (ATM).

Moacir explica que as dores de ouvido podem ser causadas por diversos fatores. Entre eles vale destacar a exposição excessiva dos ouvidos à água, o contato com água contaminada, ou ainda o acúmulo de areia nos ouvidos, fatores que podem provocar infecções do ouvido. As infecções do ouvido (otites) mais comuns, segundo Moacir, são as do ouvido externo, que é exposto facilmente à água e outros elementos. Esse quadro é típico de épocas de veraneio, onde muitas pessoas buscam as praias, conta ele.

Segundo o especialista, “outro tipo de otite que leva à otalgia é a otite média, que pode ocorrer, por exemplo, após mergulhos ou em consequência às infecções do nariz. Os mergulhos levam ao acúmulo de água na parte de trás da membrana do tímpano, enquanto as infecções do nariz podem trazer corpos estranhos para a região, e provocar a infecção”.

De acordo com o otorrinolaringologista, as formas de prevenção às dores de ouvido mais práticas são: evitar o uso de cotonetes e evitar a entrada de água, areia e outras substâncias nos ouvidos através do uso de tampões de silicone. “Os cotonetes não são recomendados para a higiene dos ouvidos, porque podem danificar a membrana do tímpano, que é sensível. Os protetores de ouvidos, por sua vez, impedem a entrada de água e outros”, diz o médico, e acrescenta que é muito importante relembrar o seguinte: as dores de ouvido não são o problema em si, o problema são as infecções. Portanto, em caso de dores no ouvido, é aconselhável buscar auxílio médico. O profissional possui os instrumentos e a instrução necessária para tratar o problema de forma adequada.

SERVIÇO
Para mais informações sobre o tema, entre em contato com a Sociedade de Otorrinolaringologia do Estado do Rio de Janeiro através do e-mail: http://www.orl.org.br/faleconosco.asp




Fonte: Unimed Rio